Mulher Peixes – 20 de Fevereiro a 20 de Março

Mulher Peixes

A mulher Peixes é regida pelo planeta Neptuno. Este é o responsável pela vasta imaginação e imaterialidade deste signo. A emoção e intuição que tão bem caracteriza a mulher Peixes são fruto da sua pertença ao elemento Água.

A nativa do signo de Peixes é muito criativa, imaginativa, divina, incerta e gentil. Imagina o seu mundo perfeito – sendo muitas vezes ilusório – consegue levar os outros a acreditar que é verdade absoluta tudo em que ela crê, e deseja que todos vivam nesse mundo de fantasia tão intensamente quanto ela. Esta nativa vai ser tudo o que a sua louca e fértil imaginação quiser. Idealista por natureza, esta mulher é o melhor exemplo do provérbio “quem conta um conto aumenta sempre um ponto”. Ela mantém sempre o mesmo comportamento, é bastante repetitiva, relata a mesma história vezes sem conta, com o pormenor de que acrescenta sempre mais qualquer coisa. Torna-se uma psicóloga fantástica, pois tem o dom de “descobrir” tudo o que vai na alma e na mente de todos os que a rodeiam.

A mulher Peixes desempenha na perfeição o papel da virtuosa, perfeita e dedicada filha. Mas no fundo, ela é um grande e mágico “pacote” enganador, ou seja, é uma misteriosa mistura de virtudes e vícios em igual medida.

Quem a vê visiona uma mulher inabalável e dura como uma rocha, mas na realidade é um coração mole, que sofre muito mais do que qualquer outro. Aquela armadura esconde uma mulher bastante manipuladora, que brinca com os que a rodeiam. Faz papel de vítima, que anseia e procura a solidão, mas arranja sempre forma de fazer com que os outros se aproximem e a procurem.

De todas as mulheres da Roda Zodiacal, a mulher Peixes é a mais excessiva. Consegue ter a confiança total na sua completa dúvida. Esta nativa vê-se e identifica-se como sendo discreta e distinta. Contudo, consegue chamar a atenção até do empregado de mesa com a sua enorme capacidade de o levar ao desespero, com tantas perguntas, pedidos, recomendações e reclamações. Se as coisas não correrem exactamente como ela tinha planeado, imaginado e desejado, faz o verdadeiro papel de mártir, para que todos saibam como foi injustiçada. É uma eterna crente, acredita cegamente na honestidade, fidelidade e bom coração dos que fazem parte da sua vida, o que por vezes a encaminha para inúmeros dissabores.

Tudo na sua vida respira fantasia, encantamento e sonho.

A maneira como caminha, lentamente e aprumada – como se levasse um livro na cabeça – os seus gestos graciosos, e até na forma de comer se consegue identificar uma mulher do signo de Peixes. Numa mesa onde todos já terminaram a refeição, destaca-se a nativa de Peixes, majestosa, mastigando vagarosamente depois de ter cortado todos os alimentos que ingere em pedaços muito pequenos. Apesar da sua aparente calma e postura, a mulher Peixes esconde por baixo do seu véu um poço de nervosismo. Basta uma simples reunião social para a conseguir pôr com os nervos à flor da pele. Não gosta de estar exposta, e não tem interesse em ouvir histórias de vida de quem quer que seja. Logo, em qualquer reunião ou festa encontrar uma mulher Peixes é extremamente fácil. Esta vai recatar-se num canto da sala, tentando passar despercebida. Tende a aproximar-se daqueles que ela acha estarem deslocados, mas na verdade quem se sente deslocada é ela mesma. Tem o hábito de falar baixo e pelos cantos da boca, como se estivesse a contar um segredo íntimo. Tem a enorme capacidade de enganar na perfeição – quando se faz parecer honesta e puritana, está na verdade a ser caluniadora e bisbilhoteira.

As mulheres Peixes têm características muito semelhantes entre si. Os olhos esbugalhados, amendoados e papudos são alguns exemplos. Têm pele clara e fina, têm a sorte de, com o passar dos anos, ganharem poucas rugas, o que lhes concede uma aparência jovial mesmo quando a idade já começa a “pesar”. São incrivelmente femininas, gostam de tons claros, uma vez que estes lhes conferem uma sensação de serenidade e paz. Por norma são mulheres bonitas, mas raramente consideradas belezas ardentes. Têm o queixo afiado e a característica que é mais evidente e mais semelhante a todas as nativas deste signo, é o nariz – têm o nariz em forma de gancho e achatado.

É sempre uma verdadeira dama.

Vai acabar por se envolver com homens que a vão tratar como uma verdadeira princesa, mas estes têm que ser mais “fracos” que ela. Muito recatada e pudica no que respeita ao sexo oposto, um simples encontro vai deixá-la com os nervos em franja. Vai fazer os possíveis e impossíveis para reprimir este sentimento, tornando-a ainda mais frágil a nível emocional.

Durante a adolescência, tem tendência para relacionamentos com homens com pouca virilidade, que é exactamente o que elas querem e gostam. Não conseguem imaginar-se com um homem cheio de vida e com as hormonas ao rubro, fazendo pressão para qualquer contacto mais íntimo. Preferem viver no mundo encantado que criam, onde o sexo e a intimidade não fazem parte da relação. Aliás, todas as contrariedades e obstáculos da vida da mulher Peixes são contornados pela sua imensa imaginação. Ela vive constantemente no seu mundinho, à parte da realidade, e encontra no seu lar o refúgio de que necessita.

A mulher Peixes é a mais complicada da Roda Zodiacal.

Ela tem desejos completamente opostos. Se por um lado sonha com um homem calmo, sensível e destituído de desejo sexual, por outro deseja ardentemente um homem que a leve à loucura, que seja um verdadeiro animal sexual. Passa muitos anos a lutar contra estes sentimentos que a atormentam, até que compreende que os “meninos” sensíveis – por norma mais novos – não a satisfazem e que afinal são os homens que ela tanto despreza que a fazem chegar às nuvens. A nativa de Peixes vive um paradoxo de atracção e repugnância em partes iguais, sobre esses “animais sexuais” que tanto a atrai.

Conseguem atrair a si, uma quantidade colossal de homossexuais, relações essas que por vezes vão muito além da amizade. Aliás, este tipo de relação é bastante conveniente para a mulher Peixes. Consegue ter a seu lado o menino dos seus sonhos – sensível, delicado – sem ter a vertente sexual de qualquer outra relação. Pode chegar a ser considerada assexuada.

Na sua visão sonhadora da vida e dos relacionamentos, não existe o sexo tal como ele é – com todos os odores, suores e troca de fluidos que o caracterizam. A mulher Peixes, colocada na 12ª posição da Roda Zodiacal, é o símbolo da inibição e isolamento. É considerada a intocável do zodíaco. Algumas nativas do signo de Peixes são tão enjoadas e sentem tanta repugnância em relação ao sexo, que quando engravidam, são foco de atenção, todos os amigos e familiares chegam a pensar na possibilidade de ser um milagre, uma concepção imaculada.

Esta fantástica mulher tem um poder de atracção inacreditável. Para além da quantidade inumerável de homossexuais que atrai, consegue chamar a atenção dos heterossexuais, na mesma medida. Estes vêem-nas como verdadeiras musas de inspiração, umas deusas dignas de tratamento real. São vistas como mulheres de classe, importantes e com um encantamento capaz de quebrar todos os corações. Mas no fundo, eles não imaginam na teia em que se estão a enredar. Qualquer homem pode encher a nativa de Peixes de presentes, rastejar a seus pés, pode até dar-lhe a Lua, o Sol, o Mundo, mas a única coisa que vai conseguir é o prazer de dizer que ela é sua.

Não é estranho verificar que muitas vezes a mulher Peixes fica com o autêntico patinho feio, de quem não gosta na realidade. Contudo, tem uma razão suficientemente válida: este está tão grato por ela o ter escolhido que vai fazer tudo o que ela mais desejar, e pouco ou nada lhe vai pedir em troca. No entanto, mais cedo ou mais tarde, toda a mulher heterossexual vai sucumbir e enfrentar a forte atracção que sente por aqueles homens animalescos, cheios de desejo sexual. A mulher Peixes consegue ser a mulher mais complicada, a mais exigente e a mais difícil de satisfazer. O homem perfeito para estas nativas tem de ser emocionalmente sensível, materialmente proveitoso e sexualmente viril – embora raramente o admita. Ele tem que ser capaz de a respeitar acima de tudo, tem que demonstrar desejo sexual intenso e proporcionar-lhe o conforto material que merece. Todas as mulheres heterossexuais de Peixes precisam desmesuradamente da atenção masculina, chega a tornar-se uma obsessão – que se verifica nos ciúmes doentios alimentados pela sua fértil e louca imaginação. Tem uma capacidade extraordinária de fazer qualquer homem arrastar-se por ela, e com grande facilidade. Sai sempre gloriosa, por isso, nenhuma outra mulher quer uma mulher Peixes perto do seu “território”.

Na vida sexual, é uma mulher muito passiva e receptiva. Só necessita daquilo que o seu parceiro precisa, nada mais. Apesar de tudo, é bastante disponível e está sempre disposta a satisfazer todos os desejos do companheiro, sejam eles anais, orais ou vaginais, todos com a mesma naturalidade. É extremamente dedicada ao amor. Quando decide estar com o companheiro é muito atenciosa, tudo o que ele diz é escutado com a máxima atenção, todas as suas inquietações são cuidadosamente estudadas de forma a poder ajudar. Tal como no sexo, tudo é por ele e para ele.

Uma mulher Peixes consegue chegar ao clímax sendo submissa. Ela fica nas nuvens quando o seu companheiro realiza as suas fantasias, sendo ela a sua “escrava” sexual.

Apesar de atrair muitos homens homossexuais, esta encara a homossexualidade masculina com alguma repugnância, ao contrário da homossexualidade feminina. Existem muitas mulheres Peixes lésbicas, e outras tantas bissexuais. A palavra que melhor define a mulher Peixes nas relações é – estranha. Sejam relações heterossexuais sejam homossexuais, a mulher Peixes só precisa que a mimem e que a amem, tudo isto, para logo de seguida ser explorada e evitar qualquer tipo de envolvimento e reciprocidade. As relações lésbicas são bastante assexuadas, em que a mulher Peixes vai fazer o papel de fada do lar. Vai cozinhar, fazer a lida da casa, enquanto a companheira vai ser a responsável pelo mantimento de ambas.

O mundo da mulher peixes é um mundo repleto de encantamento, fantasia e imaginação!

A sua votação: